Buscar

Marinheiro de primeira viagem

Atualizado: Abr 23

E começou a construção! Assentados os moldes na prancha principal com as distancias indicadas no Kfoundry é hora de encaixar a primeira ripa. E com ela a primeira dúvida, com ou sem quilha? Tentei deixar um espaço entre as peças mas este ficou irregular devido a tendencia natural da madeira em se torcer quando não devidamente encaixada ou prensada. Então achei melhor ocupar este espaço com uma peça já previamente preparada para o caso de haver quilha. É uma ripa de 20mm por 20 mm com 3 metros de comprimento que apliquei prensada entre as primeiras ripas e preencheu a contento o espaço. E não é que ficou bom!


Resolvido este primeiro impasse comecei a testar métodos de prender a madeira no molde. O ideal seria utilizar grampos mas tenho poucos a mão. Então a primeira tentativa foi utilizar a aparafusadeira e parafusos finos para manter a peça no local até a secagem da cola. Funciona, mas deixa marcas visíveis. Experimentei utilizar um cordão de algodão para prender as peças, fazendo um laço como uma forca e esticando para manter a união enquanto a cola seca. Este método funcionou mas se for preciso fazer muita força o barbante acaba quebrando. Uma solução foi prender com o grampo para fazer as peças chegarem a posição correta e ao lado passar o barbante e fixar a peça. Dá um pouco mais de trabalho mas fica bom. Já para os pontos em que as ripas precisam sofrer dupla torção (como na proa e popa) não tem jeito não, estou fixando com parafusos, tomando o cuidado de não deixar a cola prender as peças no molde.




0 visualização
This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now